PT \ EN

Ernesto

O Ernesto sempre seguiu o seu instinto de uma forma muito particular. Sabia bem de onde vinha mas também sabia para onde queria ir. Por isso, um dia, decidiu que ia aprender a andar de patins e comprou um par. No dia seguinte, comprou outro. O Ernesto não tinha medo de aprender. Sabia que talvez não se levantasse logo à primeira, mas também, do chão não passava.

DESCRIÇÃO
Veado de resina pintado à mão e patins.